Sua opinião
Você encontrou o que estava procurando?

Sim Não

Como você classifica a navegação até aqui?

Fácil
Regular
Complicada



Por que opinar?



História

A quebra do monopólio de telecomunicações em escala internacional influenciou fortemente o mercado brasileiro. A mudança começou pela divisão do País em áreas de atuação. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), criada para regular o setor, elaborou o Plano Geral de Outorgas (PGO) em abril de 1998. Com isso, o território brasileiro ficou dividido em quatro regiões:

Região I: Nordeste, Sudeste (exceto São Paulo) e Norte (exceto AC, RO e TO);
Região II: Centro-Oeste, Sul e Estados do AC, RO e TO;
Região III: São Paulo;
Região IV: todo o Brasil.

O setor foi dividido em 12 holdings para o leilão do sistema Telebrás, em julho de 1998: três de telefonia fixa local e de longa distância com atuação regional; uma de telefonia fixa de longa distância nacional e internacional; e oito de telefonia móvel.

Segundo esse modelo, a área de atuação da Brasil Telecom é a Região II, que abrange o Distrito Federal e os Estados do Acre, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.


Política de Privacidade | © Brasil Telecom S.A., 2014 - Todos os direitos reservados